segunda-feira, julho 22, 2013

NADAR PARA REMAR


Bom dia pessoal, muito frio e até neve em algumas regiões do Brasil, mas aqui em São Paulo acho que ele só chegará perto do final de semana. Por enquanto nem blusa tenho usado. Eu adoro frio, mas agora que estou nadando de manhã não tenho feito questão de baixas temperaturas, elas vem sempre acompanhada de muita preguiça (no meu caso).

Estou firme e forte no meu projeto "Nadar para remar". Lembram-se que havia dito que minha meta é remar na represa? Daqui a algum tempo serei eu a navegar nesse caiaque laranja aí da foto abaixo. Meu objetivo é aprender a nadar direito pois só sabia por baixo d'água, de costas e o famoso cachorrinho (rs) o que não é assim tão útil pois para encarar a represa é indispensável saber nadar bem.
Esse espaço da foto abaixo é onde ficam guardados os caiaques e veleiros (sonho velejar), e é também onde se faz a capacitação para remar. E foi aí que tomei ciência de quão sem noção eu sou. Vou contar para vocês:
Eu tenho 2 amigas com quem passei a praticar atividades físicas e antes de viajarmos uma delas me disse que sua médica indicou remo como atividade física. Remando você se exercita ao mesmo tempo que tem um visual lindo para contemplar e ainda toma sol, tão importante na nossa faixa etária (previne osteoporose). A médica inclusive pratica remo ali na represa junto com o marido. Além de todas as vantagens acima, a atividade é gratuita e o único custo é com a aquisição de um colete salva vidas. Eu amei a idéia e mais que depressa combinei de irmos fazer a capacitação assim que voltássemos de viagem. Foi o que fizemos, liguei para perguntar o que era necessário e disseram que era só chegar, se inscrever e fazer a aula. Quando chegamos lá, nos demos conta de que deveríamos ter levado uma muda de roupa e por isso ficamos só assistindo um grupo de 4 rapazes que também tinham vindo se capacitar. 
Quando começamos a assistir demos graças a Deus por termos esquecido a muda de roupa. Íamos pagar o maior mico. Além de ter que saber nadar bem, eles tombam o seu caiaque para você cair na água e aí você tem que tentar pegar o remo e voltar para o caiaque, que antes deve ser desvirado. Percebemos que até os rapazes estavam com alguma dificuldade, olhamos umas para as outras e começamos a rir. Ali mesmo uma delas já desistiu, a outra que já sabe nadar e tem um bom condicionamento físico ficou pensando e ainda não se decidiu e eu que não sabia nadar o suficiente e percebi que estava totalmente sem condicionamento físico e talvez nem consiga me equilibrar sentada no caiaque, decidi tentar mudar meus hábitos sedentários.
A represa é grande demais para o nado cachorrinho, não acham? kkkk
Mas não é nada fácil atingir um objetivo e eu nem sei se conseguirei, mas que isso está mudando para melhor muita coisa na minha vida, certamente está. 

Comecei a nadar há umas 6 semanas, de quarta e sexta-feira logo cedo, antes das 8h. Fui direitinho nas 2 primeiras semanas, voltava feliz e com muito ânimo. Aí fui na Mega Artesanal na quarta e faltei da aula, na sexta viajei e faltei para arrumar as coisas, na outra semana perdi hora, acordei como nariz entupido...tudo desculpa porque exceto no caso do nariz entupido, nos outros dias daria para ter ido se não fosse a preguiça. O nome disso é auto-sabotagem. Me refiz da preguiça e na semana seguinte voltei, quase morri de canseira, mas foi ótimo ter faltado em sequência pois depois da cansaço do retorno, vi que se não tiver regularidade posso esquecer de remar e ganhar condicionamento físico. Decidi que não falto mais e já estou indo 3 vezes por semana para repor as aulas perdidas. Dos 500 metros iniciais já estou nos 1.000. Isso não é nada para quem já faz natação há bastante tempo, eu vejo pelos meus vizinhos de raia, mas para mim significa uma evolução e tanto. Não é nada fácil, tenho que me superar e ter foco. Minha sorte é que meu professor é 10. Me incentiva muito, acompanha de perto, corrige posturas, braçadas, respiração. É engraçado, ele tem a idade da minha filha mais velha e eu obedeço e faço tudo que ele manda. kkkk 

Agora me deparei com outro problema, falta de energia. Nos dias em que nado tenho sentido uma certa moleza além da conta durante a tarde. As necessidades do corpo vão mudando e agora vou agendar com a nutricionista para saber direitinho como devo me alimentar nessa nova fase da vida.

O que posso dizer é que tudo nessa vida dá trabalho, requer foco, adaptação e esforço, mas ver que estamos evoluindo na busca de um objetivo é algo extremamente gratificante e motivador. Minha meta é estar apta a fazer o teste até o verão, mas tenho a impressão que conseguirei antes disso. Espero!

A natação tem me trazido outros benefícios. Eu sempre tive dor nos tornozelos, dores causadas principalmente depois de ficar algum tempo em pé ou de fazer caminhadas, também tinha o joelho meio enferrujado e isso me dificultava bastante descer escadas. Esses dias me peguei descendo escadas rapidamente com apenas um pé em cada degrau, coisa cada vez mais rara nos últimos tempos. Estou ganhando agilidade e equilíbrio que também serão necessárias quando eu estiver remando. Com a natação fortalecemos também o sistema cardiorrespiratório além de exercitarmos quase todos os músculos do corpo. Oxigena.

É isso aí pessoal, de vez em quando passarei aqui para falar sobre meus progressos, conquistas, dificuldades ou desânimos, pode ser útil para alguém. Eu por exemplo sinto grande incentivo ao ver a evolução da Laély do Blog Sala da la na corrida.

bjs a todos e uma excelente semana

3 comentários:

  1. Brava!!!! Parabéns Mamélia, por mais esta empresa.
    Você tem garra, e, mesmo se dizendo preguiçosa, sei que quando decide algo, vai em frente.
    Pois eu sei nadar, mas tenho medo de profundidades...
    Caiaque, velejar? Nem pensar!
    Querida, bom fim de semana pra vc.
    Aqui já estamos descansando, por conta da visita do papa.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Estou precisando de um pouco de foco nas minhas atividades,quero começar a caminhas mas não tenho vontade alguma começo e paro,começo e paro uma tortura.....tenho visto o blog da sala da lala,também e vejo que mudança na saúde como no fisico,gostaria de correr também quem sabe um dia ...continue firme na sua natação eu vou me empenhar na caminhada,bjcs

    ResponderExcluir
  3. Olá, adorei o seu blog, ao ler alguns posts, vi que você é uma pessoa esforçada que só quer falar e ser ouvida na blogosfera, assim como eu. Posso dizer que gostei muito do que li, vc tem um potencial enorme e sei que será um grande blog de fácil entendimento e conteúdo gostoso de ler. Sou Luciana Shirley do blog http://coisasecoisasdalu.blogspot.com.br/ se desejar me visite e siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderExcluir

Muito obrigada pelos comentários. Venham me visitar sempre!
Um abraço. Mamélia ;)


FEITO NO BRASIL