segunda-feira, agosto 01, 2016

EDREDON E COELHINHO


Um conjunto de edredon quadrado, que também serve como tapete para bebês brincarem , e um coelhinho fofo que eu fiz para meu mais novo sobrinho. Ficou bem fofinho.
Os tecidos são nacionais da loja Fernando Maluhy da 25 de março. Me arrependi um pouco de ter trabalhado com xadrez, porque a estampa ficou desencontrada, mas no geral achei que ficou muito bonito.



terça-feira, julho 26, 2016

DESCASCANDO OVOS DE CODORNA DE MANEIRA FÁCIL.


Descascar ovos de codorna sempre foi tarefa difícil para mim, mas já é a segunda vez que utilizo a dica do blog Tudo Perfeitinho e desde então passou a ser bem fácil. Recomendo.
Cozinhar os ovos por 12 a 15 minutos (não mais que isso, senão as gemas escurecem).
Retirar do fogo e esperar esfriarem um pouco. Rolar delicadamente os ovinhos com a casca sobre uma superfície dura como um prato, por exemplo. Assim a casca fica craquelada, mas ainda grudada à pele, que se descola da clara e sai quase inteira ao puxar. Tem mais fotos e explicações no link Tudo Perfeitinho .

sábado, julho 23, 2016

COMO FAZER CORANTES NATURAIS COM FRUTAS, LEGUMES E FOLHAS


Para quem não quer usar corante artificial mas não dispensa aquela corzinha que alegra as crianças. Esse glacê é com calda de beterraba. Não deixa gosto viu? É só passar a beterraba crua pela centrífuga ou se não tiver, bater no liquidificador com o mínimo de água, coar em peneira bem fininha e reduzir em fogo bem baixo (para não perder a cor viva).
Eu congelei em pequenas porções e vou descongelando conforme preciso. No canal da Dulce Delight (Rainha da cocada) tem muitas outras cores com vários legumes. A próxima que vou experimentar será a de cenoura.
Para o glacê é só misturar glaçúcar e ir colocando a calda colorida até dar a consistência não muito líquida, nem dura demais.
Dá para fazer pães e massas coloridas também. Já fiz talharine verde com espinafre, laranja com cenoura e rosa com beterraba.

Aqui nesse vídeo da Dulce Delight tem outras opções.

sábado, julho 16, 2016

TAPETE DE CROCHÊ


Começando hoje um tapete rosa com fio de malha. Já faz muito tempo que eu queria fazer e hoje fui comprar manta para um acolchoado de patchwork e encontrei o novelo bem na cor estampadinha que eu queria. Nunca tinha visto ess fio por aqui. O melhor é que os pontos rendem muito e acho que terminarei logo. Na embalagem eles indicam agulha de 7 a 12, mas como minha maior agulha é de 6, estou fazendo com ela.


quarta-feira, julho 06, 2016

NHOQUE DE BATATA DOCE ROXA E DE MANDIOQUINHA


Adoro nhoque de todos os tipos. Quase sempre faço o de batata inglesa, mas já fiz de cará, inhame e mandioca. Faltava fazer de mandioquinha e de batata doce roxa, que eu tinha visto há algum tempo no programa do Claude Troisgros. Aqui tem a receita dele certinha, mas eu fiz do meu jeito, que não é muito diferente:

500g de batata doce roxa (ou mandioquinhas ou  cará, inhame, mandioca, batata inglesa)
1 ovo
1 colher de manteiga
Sal a gosto
Trigo até dar ponto para fazer os rolinhos (o mínimo possível)

Cozinhe a batata preferencialmente no vapor (exceto a mandioca, sempre cozinho no vapor) assim ela fica menos úmida e pede menos farinha. Amasse-a ainda quente e adicione a manteiga. Espere esfriar e junte o ovo e sal. Misture bem e passe para a bancada polvilhada com farinha de trigo. Acrescente farinha às colheradas até dar o ponto de fazer rolinhos. Corte em pedacinhos de aprox. 2 cm. Cozinhe em água fervente. Estarão prontos quando vierem à tona. É bem rápido. Quanto menos farinha utilizar mais rapidamente ficarão cozidos.

O de batata doce roxa fica levemente adocicado e fica bem firme. Gostei da consistência. Ele levou menos farinha que o de mandioquinha. Mas o de mandioquinha foi o mais saboroso. Muito bom mesmo.



FEITO NO BRASIL