sexta-feira, junho 14, 2013

DESAFIOS - MOTIVAÇÃO - CONQUISTAS

O título empolga? Depende, não é? Em alguns casos pode até dar preguiça, mas eu estou altamente motivada nesse momento. Não sei amanhã rsrs.
Durante muitos anos em meu último emprego, eu trabalhei diretamente com planejamento e acompanhamento de desempenho.  Sempre tive prazos a cumprir, muitos controles, muito trabalho, muitos desafios e compensações também.
Trabalhei com pessoas que eu admirava e ainda admiro, gente de quem sinto saudades, pois embora sejam meus amigos ainda hoje, não vejo a todos regularmente. Era um ambiente desafiador e estimulante, embora muitas vezes estressante.
Motivação é uma coisa fantástica, mas não se encontra para comprar na esquina. Uma pena!
O bebê que começa a se levantar segurando no sofá, se sente desafiado e motivado a dar o primeiro passinho para ir até ali adiante;
a criança em fase de alfabetização quer ler e escrever logo para sair por aí entendendo o mundo (difícil isso de entender o mundo);
os jovens de 18 anos querem tirar carteira e dirigir por toda a parte;
os noivos querem  se casar e construir  uma família (isso também é difícil rs);
o empregado quer  ser promovido e melhorar de vida;
o trabalhador de muitos anos quer se aposentar e curtir a vida.
Tudo isso são desafios e nos motivam a fazer coisas, muitas vezes difíceis, para atingir o grau de satisfação esperado, mas e depois da aposentadoria?

Eu vou confessar que nos últimos tempos andava carente de novos desafios e cada vez mais dentro de casa (e no computador), o que não acho que seja saudável. Precisamos de sol. Assistir Tv também pode se tornar uma armadilha.

Estar aposentada é muito bom, ser dona do próprio tempo, melhor ainda. Só que é preciso saber como usar tanto tempo, senão ele vira aqueles mesmos minutos corridos de antigamente, que a gente conseguia destinar ao lazer entre uma atividade e outra. E é justamente isso que estou procurando acertar nesse momento.

Outro dia li um artigo muito interessante na revista Piauí, que começa assim:

Nome: Rodrigo Rodrigues. Moro em: Facebook. Em relacionamento sério com: Twitter. Religião: Orkut. Gênero: on-line. Sobre mim: “Sorria sempre, seus lábios não precisam traduzir o que acontece em seu coração” (Clarice Lispector).

Matéria completa AQUI
Esse negócio de morar no Facebook é sério e é um perigo bem real, apesar de ser uma morada virtual. E esportes então? Ultimamente participamos de muitos jogos, eu mesma passei a praticar Candy Crush Saga há uns 20 dias e com uma regularidade impressionante, mas juro, não gosto de ser aprisionada por vício nenhum, sempre gostei de ter controle total sobre mim e embora a internet seja algo bacanérrimo,  o mundo real pode ser bem mais.
Eu ia falar da minha nova meta agora, mas o post ficou tão comprido e eu fugi tanto do assunto que achei melhor não misturar mais coisas.
Eu adianto que tem a ver com atividade física ao ar livre e eu estou curtindo muito acompanhar o meu próprio desempenho e correr atrás de um objetivo simples, mas que para uma ex sedentária que completará cinquentinha no mês que vem não é assim tão fácil e vai demorar um pouco para ser conquistado.
E talvez vocês estejam se perguntando o que estas fotos tem a ver com minha meta.
E eu digo que tem tudo, primeiro porque foi uma viagem que fiz com pessoas queridas, amigas que ganhei de presente nesses anos todos de trabalho. E também porque foi essa viagem que me motivou a querer sair do sedentarismo, mas as bolhas gigantes que ganhei nos pés de tanto andar nessa cidade linda ajudaram bastante. rs Elas me mostraram o quanto careço de condicionamento físico para a mais básica de todas as atividades físicas: a caminhada.
Não importa o que foi, o que importa é que me despertou para algo que só pode fazer bem. Quem sabe agora, em tempos modernos, a vida comece aos 50? rsrs
Adivinharam que cidade é essa? No próximo post eu falo mais um pouco sobre ela.
bjs a todos e um ótimo final de semana.

14 comentários:

  1. Fantástico. Acho que essa é a nossa conexão o que pensamos só você é capaz de traduzir de forma tão simples e clara.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rose minha querida amiga e companheira de viagem.
      bjs

      Excluir
  2. Lindo postQ A cidade...? A melhor!!
    BJô

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jô, vc é uma querida e muito contribuiu com dicas para essa viagem. bjs

      Excluir
  3. Puxa... estava pensando em vc outro dia...
    E quanto eu havia abandonado os comentários... pq fiquei tentando dar conta deste mundo tecnológico que nunca pára....
    Perfeito seu post!!!!
    Adorei!!!

    Beijinhos e boa meta nova!!!! rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, é isso mesmo não é? Esse mundo tecnológico é muito bom e por isso está nos roubando. bjs.

      Excluir
  4. Seu cantinho é lindo!Como não viajo (peninha)fico babando nas fotos das blogueiras amigas, este poste será Oriental? bjs

    ResponderExcluir
  5. Que viagem gostosa!!! Canadá?
    E quanto ao artigo do Rodrigo Rodrigues uma verdadeira delicia! Lavei a alma lendo! Eu começava a me julgar um ser quase em extinção por odiar o facebook.... que bom!
    Não desanime com os exercícios físicos, completo 60 em setembro e só agora estou tentando um pouco de condicionamento. Aff!
    Um abraço!
    Egléa

    ResponderExcluir
  6. Maria Amélia, vc tem um jeito simples e agradável de nos prender a atenção, acho que é por isso que seu blog faz sucesso. Desejo sucesso nessa sua nova "caminhada", e saiba que já prático há bastante tempo, só ultimamente dei um tempo devido a alguns contratempos. Creio que agora terei mais tempo e motivação prá te seguir. Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Olá Mamélia!
    Nossa amei ! estou como voce ! Aposentada quase não tenho tempo livre estranho né!
    Beijocas!!!

    ResponderExcluir
  8. Amélia,
    Sua postagem me fez refletir e me enquadrar em muitas coisas...
    Tratando da saúde, dentro de casa... no computador, não é fácil.
    Ter sonhos, objetivos e motivação é o que precisamos para viver.
    Obrigada por partilhar sua decisão, sua viagem e lindas fotos!
    Um bejim!

    ResponderExcluir
  9. Owwwwwwww... Deixa eu respirar! Que tapa na minha cara, tipo daquelas que te diz: acorda! Nesse post vc disse TUDO o que tenho pensando esse ultimo ano. Tenho tentado vigorosamente mudar. Sair desse vicio de jogos, face.. Mais vida real, comida real, joguinhos reais. Não é facil, mas a felicidade é tão mais gostosa e real.
    Pequenos prazeres de ver teu pão caseiro crescer, o sabor do iogurte que vc fez em casa.. Pequenas, simples e grandiosamente maravilhosas coisas. Tenho sorte, aqui na França é bem comum ver as pessoas aproveitando a vida real.. Eles fazem pequeniques, esportes. Na epoca de frio correm pra neve. Ja no calor passam dias inteirinhos na praia.. Escalam os alpes, andam de patins e bicicleta.. Todas as idades! Eu acho isso o maximo.
    Obrigada, Querida!
    Bju grande
    Joanna

    ResponderExcluir
  10. Olá Maria Amélia, então você esteve em NYC? Se vier uma próxima vez, me procure, terei o maior prazer em passear com você.

    Muito interessante o q escreveu, eu ando querendo muito aposentar para poder me dedicar a coisas que hoje me dão + prazer, mas ainda não chegou o meu tempo...

    Abraços

    ResponderExcluir

Muito obrigada pelos comentários. Venham me visitar sempre!
Um abraço. Mamélia ;)


FEITO NO BRASIL