quinta-feira, junho 27, 2013

HOJE TEM MARMELADA? TEM SIM SENHOR... (E É CASEIRA!)

Oi pessoal, tudo bem com vocês? Eu estou bem, mas ando ansiosa demais com todos os acontecimentos políticos dos últimos dias. Ando lendo (devorando) tudo sobre o tema e a cada dia fico mais perplexa. O que sei é que o descaso crônico dos nossos governantes/representantes eleitos chegou ao limite do suportável e deu no que deu até agora. Até de passeata eu participei, mas não vou me alongar no assunto. Só espero que os protestos não sejam violentos, que surtam os efeitos esperados e que nos mantenhamos sempre vigilantes daqui pra frente. 

Aproveitando o post de hoje, vou revelar a cidade que mostrei nas últimas fotos: é Nova Iorque, mais precisamente o distrito de Manhattan. O lugar é muito bacana e devo dizer que me lembrou um pouco São Paulo, talvez a região da Av. Paulista e arredores, não sei bem. Tem até uma 25 de março por lá, chama-se Chinatown rsrs. Acho que toda metrópole tem semelhanças e eu adoro São Paulo e adorei Nova Iorque. É um lugar incrível que abriga tesouros culturais e gastronômicos que merecem ser vistos e saboreados. Amei a viagem e quero agradecer à Jô e seus posts e dicas pessoais sobre a cidade que me ajudaram bastante (posts dela AQUI). Como acho que a viagem merece um post exclusivo, não vou falar mais dela agora pois tenho que organizar as coisas, fotos, memórias, etc. e assim que fizer isso volto para contar. Acho que vai demorar porque já faz 2 meses que voltamos e ainda não consegui me dedicar a isso rsrs.

Voltando à marmelada anunciada no título, quem acompanha o blog sabe que eu adoro fazer coisas caseiras (principalmente doces e geléias) como aqueles que nossas avós faziam, mas não pensem que eu sou uma comilona de doces não, gosto mais de fazer do que de comer (exceção ao doce de abóbora e pudim de leite que eu realmente devoro). 

Fazia um tempo que eu estava à caça dos marmelos, tentei encomendar em alguns supermercados e não tive sucesso, já tinha até desistido quando encontrei-os por acaso no supermercado de um shopping.
Comprei 6 e depois mais 4 que pesaram aproximadamente 2.6 kg no total e que depois de limpos se transformaram em 1.1 kg.

A receita é simples:
1 kg de marmelos limpos, descascados, sem o miolo (que é bem duro) e sem sementes;
750 g de açúcar;
4 colheres de sopa de água.

O aspecto do marmelo me lembrou muito o de pera portuguesa, aquela mais durinha. A região do miolo é bem dura e granulada. Fiquei com dor nas mãos depois de descascar todos. Detalhe do prato maravilhoso que eu trouxe de viagem. A Jô vai reconhecê-lo. rsrs
Notem que eles oxidam rapidamente depois de descascados e é por isso que o doce fica vermelho. Alguns fazem o doce amarelinho claro mas parece que tem que cozinhar os marmelos antes de descascar e usar faca de madeira, colher de pau, etc. Eu não tentei.
Depois disso é só levar ao fogo e quando estiverem moles, triturar com o mixer ou no liquidificador. Na receita em que me baseei, de um blog português, descobri que eles chamam o mixer de "varinha mágica", achei tão bonitinho.
Aí é deixar na panela, em fogo baixo e mexendo regularmente até chegar em ponto de "estrada". Achei esta dica super legal, o ponto de estrada é quando você abre caminho no doce com a colher e ele não se une novamente, deixando uma estradinha como na foto abaixo. Antes de fazer o teste é preciso tirar um pouco a panela do fogo porque a fervura faria com que o doce se unisse novamente mesmo estando no ponto. Incrível como a fruta de polpa branca se transforma nesse vermelho intenso. Parece mágica.
Depois é só colocar em forminhas que suportem calor. Eu usei estas panelinhas da coleção da revista Caras. Eu fiz uma coisa meio louca (ou idiota mesmo rsrs) quando lançaram a coleção. Estas mini caçarolas eram as primeiras da coleção e como eu não queria colecionar todas as peças, fui de banca em banca e comprei 6 revistas só para ter as caçarolas. Acho que isso foi há 1 ano e esta é a primeira vez que uso. rsrs
A consistência do doce ficou igualzinha àqueles que minha mãe comprava quando éramos crianças e que vinham em uma lata redonda. Minha mãe adorava, mas eu nunca fui fã. Ainda hoje prefiro a goiabada, mas a marmelada também é gostosa. Acho que vou usá-las em um bolo. Alguém tem outra sugestão?
A receita em que me baseei foi do blog Paparoca Doce, só que não deu certo fazer na panela de pressão, começou a escorrer pela válvula e tive que interromper e fazer na panela normal.

bjs a todos e um ótimo final de semana.

P.S. Gente, faltou revelar minha meta: REMAR. Isso mesmo, mas é remar em um caiaque aqui na represa em Jundiaí, depois eu conto com mais calma como estou me preparando. Ninguém está botando muita fé em mim, mas eles irão se surpreender. Já retomei as aulas de natação. rsrs.

6 comentários:

  1. Bom dia, adorei a receita quem sabe nao arrisco...estou com um cantinho novo no face para divulgar meu trabalho de PET SITTER(Babá de animais), passeios avulsos, enfim...visite lá....bjs e uma otima sexta
    https://www.facebook.com/patinhafeliz.petsitter

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Olá, esse doce era uma tradição na minha família, daqueles que faziam em fogão de lenha e todos mexiam o tacho com uma colher enorme de pau, depois meu pai despejava o doce em uma caixa gigante de madeira forrada com papel celofane, eu acho.Que saudade me deu desse tempo, eles já se foram mas estão presentes no meu coração todos os dias. Obrigada pela lembrança inesperada.

    ResponderExcluir
  4. Que cor linda!!!! Não sou muito fã de marmelada não, também prefiro a goiabada, mas que ficou linda ficou!
    Um abraço!
    Egléa

    ResponderExcluir
  5. Agora fez-me lembrar a minha mãe, de volta do fogão, a mexer um tacho enorme com uma colher de pau! O cheirinho que vinha da cozinha! Mas ela não usava a varinha mágica, deixava a fruta cozer muito lentamente até ficar um puré, demorava horas! E das cascas e dos meios dos marmelos, fazia geleia. :D
    Ó saudades!!!

    ResponderExcluir

Muito obrigada pelos comentários. Venham me visitar sempre!
Um abraço. Mamélia ;)


FEITO NO BRASIL